LeandroVSilva® | BLOG

Vizualizações 135

COMO TUDO COMEÇOU | A CARREIRA DO ESCRITOR LeandroVSilva

leandrovsilva

Para quem ainda não começou a carreira literária, talvez o início da minha trajetória sirva de pontapé para você iniciar a sua e para quem já está nessa caminhada, talvez tenha começado de um jeito curioso, assim como eu.

Quando eu tinha 5 anos, iniciei meu interesse em desenhar e quando eu estava com 7 anos já desenhava relativamente bem para a minha idade. Copiava praticamente qualquer outro desenho de revistas ou até mesmo da televisão só de olhar. Como eu vim de uma família muito humilde, para meus pais, o talento em desenhar era inútil, pois eles não tinham a visão que a arte, para quem era pobre, pudesse ser monetizada ou até mesmo muito lucrativa.

Com isso, o desenho para mim era só um hobby. Dos meus 7 a 14 anos eu desenhava e criava pequenas histórias com esses desenhos. O engraçado dessa época era que eu pegava esses desenhos e recortava em retângulos e fazia de álbum de figurinhas. Eu ia colando esses recortes em outras folhas, simulando o álbum que meus pais nunca puderam comprar para mim.

desenhos leandrovsilva

A vida difícil e cobranças dos meus pais, me fizeram deixar os desenhos de lado e me dedicar aos estudos, pois era a única forma de mudar de vida, no pensamento deles.

O tempo foi passando e depois de muito sacrifício, me formei no ensino médio com dois cursos técnicos: eletrônica e mecânica. Trabalhei por quase 3 anos na área de mecânica em uma empresa privada até passar em um concurso público na área militar.

MUITAS DAS VEZES DESISTIMOS DOS NOSSOS SONHOS PARA SEGUIRMOS CARREIRAS QUE APARENTEMENTE REMUNERAM MAIS, QUE SEJAM ESTABILIZADAS OU SIMPLESMENTE POR ACHAR QUE NÃO EXISTEM ALTERNATIVAS.

A vida seguiu, casei, tive dois filhos e na época que estava fazendo Faculdade de Física na UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), no término do quarto período, encontrei alguns dos meus desenhos, aqueles que fiz quando tinha entre 9 e 14 anos.

As lembranças me despertaram um sentimento que até hoje não deixo morrer. O sentimento de que o que eu fazia me deixava muito feliz. Apesar de ter tido uma infância difícil eu era muito feliz quando estava desenhando e criando minhas pequenas histórias.

Aqueles desenhos, que me despertaram esse sentimento, foram ativando minha criatividade e com isso novas ideias de histórias foram surgindo freneticamente. Desse dia em diante, passei a anotar todas as ideias para histórias que tinha. Muitas delas eram interessantes, mas eram perdidas e não formavam histórias completas. Mesmo assim estava sempre anotando tudo.

Um dia, enquanto estava na faculdade, aguardando a próxima aula, me veio um dos maiores brainstorm que já tive até hoje. A tempestade de ideias que hoje está se materializando na série Enerkry. Essas ideias ajudaram muitas das ideias perdidas a encontrarem seu caminho, assim formando o complexo universo de Enerkry, que estou desenvolvendo em parceria com um amigo até hoje.

Foi a partir disso que decidi que ia seguir a carreira de escritor e publicar minhas histórias. Abandonei a faculdade e comecei a investir o meu tempo no desenvolvimento da história de Enerkry e de muitas outras.

ENTENDI QUE É MELHOR VIVER FAZENDO O QUE AMA , MESMO GANHANDO POUCO, DO QUE GANHAR MUITO E SE SENTIR UM PRISIONEIRO DOS SEUS SONHOS NÃO REALIZADOS

Fiz um curso de Design Gráfico e fui me dedicando em aprender nas áreas de atuação e ferramentas que poderiam ser necessárias para a minha carreira literária.

Depois de um bom tempo de desenvolvimento, finalmente terminei o meu primeiro livro, Os Irmãos do Gelo e não demorou muito, ele já estava à venda na plataforma mais popular de publicação de livros digitais, o KDP. Kindle Direct Publishing, da Amazon.

Se gostou e queira conhecer um pouco mais da minha trajetória no mercado editorial conheça meu livro sobre publicação independente:

Para outros produtos acesse:

INSCREVA-SE


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.